Conheça as 6 principais matérias do curso de Farmácia

farmacia-curso

Desenvolver e produzir medicamentos chama a sua atenção? Então talvez você esteja curioso para conhecer as matérias do curso de Farmácia. Ficar por dentro dos detalhes da grade curricular é o primeiro passo para escolher uma graduação que atenda às suas expectativas.

O conteúdo do curso está dividido principalmente em Biologia e Química, assuntos que serão estudados em todas as etapas. Além do aprendizado prático e teórico, a aplicabilidade dos conceitos no mercado determina as diferentes possibilidades de atuação do farmacêutico.

E aí, ficou interessado e quer conhecer as 6 matérias do curso de Farmácia? Então continue a leitura!

Como está organizada a matriz curricular de Farmácia?

Antes de conhecer, em detalhes, as principais matérias do curso de Farmácia, vale a pena entender como todas elas estão organizadas na matriz curricular da graduação. De modo geral, é possível dividi-las em dois ciclos: Ciclo Básico e Ciclo Específico.

Ciclo Básico

Os conteúdos do Ciclo Básico são mais teóricos e abrangentes. Eles estão presentes no currículo de grande parte dos cursos da área da saúde. Alguns exemplos comuns são Saúde Pública, Química Geral, Fisiologia e Anatomia Humana.

O que muda de uma graduação para outra é a ênfase no campo de atuação de cada profissão. Na matéria de Anatomia, por exemplo, o estudante entra em contato com conhecimentos práticos e teóricos sobre órgãos e sistemas do corpo humano.

Em Química Geral, você aprenderá os fundamentos básicos da Química contextualizados na vivência prática do farmacêutico.

Ciclo Específico

Após o embasamento teórico adquirido nas matérias do Ciclo Básico, os estudantes chegam ao Ciclo Específico para estudar disciplinas que estão diretamente relacionadas ao universo da Farmácia.

Nesse caso, as matérias passam a ter aulas mais práticas, que exigem a participação ativa dos estudantes. Nesse ciclo, entram conteúdos como Toxicologia, Tecnologia Farmacêutica e Farmacologia.

Quais são as 6 matérias do curso de Farmácia?

Agora que você já sabe como a matriz curricular de Farmácia está organizada, chegou a hora de conhecer as 6 principais matérias que fazem parte dessa graduação. Confira os detalhes!

1. Análises toxicológicas

Essa é uma das disciplinas de Farmácia mais interessantes, já que estimula o espírito investigativo dos alunos. Durante as aulas, o princípio consiste em quantificar e identificar a presença de agentes tóxicos e seus metabólicos.

Etapas do processo analítico, quantificação e tamanho da amostragem também fazem parte da disciplina de Análises Toxicológicas, assim como os métodos de validação.

alunos-microscopio
Análises toxicológicas são importantes na Farmácia, pois permitem identificar e quantificar substâncias tóxicas em humanos e outros materiais. Fonte: Shutterstock.

Logo, garante-se que os agentes sejam confiáveis e aplicáveis para a investigação de doenças ou para solucionar as dúvidas sobre uma ocorrência, como faz o perito criminal.

2. Ciências Morfofuncionais

As Ciências Morfofuncionais são mais alguns exemplos de matérias do curso de Farmácia que merecem destaque. Aqui, você explorará os conhecimentos sobre Embriologia, Histologia, Fisiologia e Anatomia Macroscópica. Veja as diferenças entre eles:

Histologia e Embriologia: nesse conteúdo, você compreenderá os tecidos biológicos, função, formação e estrutura;

Fisiologia: estuda os processos e funções do organismo. Por meio desse estudo, os profissionais de Farmácia entendem as respostas do organismo a vários estímulos;

Anatomia Macroscópica: estuda a forma e a estrutura dos corpos sem o auxílio de um microscópio.

Veja também: E aí? Está gostando do post sobre as matérias do curso de Farmácia? Então assistam também ao vídeo que preparamos sobre as 8 principais matérias desse curso na Anhanguera. Confira!

3. Farmacologia

Por definição, a Farmacologia é a ciência que estuda como as substâncias químicas e os medicamentos podem alterar as funções e as estruturas naturais do organismo. Logo, o farmacêutico pode ajudar na definição de como ministrar vários tipos de tratamentos medicamentosos.

farmacologia
A Farmacologia fornece aos estudantes uma compreensão aprofundada dos efeitos dos medicamentos no corpo humano. Fonte: Shutterstock.

Nessa disciplina, conceitos básicos como medicamentos, remédios, drogas, produtos e fórmulas farmacêuticas são estudados, além de farmacognosia. Este é o estudo de como as matérias-primas são encontradas em seu estado natural e podem ser transformadas com propósitos farmacológicos.

4. Assistência Farmacêutica

Essa é uma matéria do curso de Farmácia que se relaciona com a saúde pública. Nesse caso, você estudará a política de medicamentos e assistência como parte integrante da política brasileira de saúde.

Você terá a percepção de diversas ações voltadas à saúde e que garantem os princípios de integralidade, universalidade e equidade do SUS. Na prática, essa matéria analisa e trabalha a favor de ações de proteção, promoção e recuperação da saúde, tanto coletiva quanto individual, vendo nos medicamentos um item vital, mas que deve ser utilizado de uma maneira racional.

5. Resposta Imunológica

A faculdade de Farmácia conta com um junto de disciplinas que se relacionam. No caso da matéria de Resposta Imunológica, vários conhecimentos já adquiridos nos outros semestres são colocados em conjunto para que os futuros farmacêuticos consigam fazer um imunodiagnóstico.

Ou seja, trata-se de avaliar determinada doença, seus sintomas, sua origem, saber como e quais exames laboratoriais podem ser importantes, aplicar a farmacologia e prestar assistência farmacêutica necessária para o suporte no tratamento da pessoa.

6. Química Geral e Química Analítica

Quem deseja fazer o curso de Farmácia terá que se dedicar bastante às disciplinas de Química. A Química Geral permite que você conheça a estrutura, as propriedades e a composição de diferentes substâncias para que se chegue às melhores fórmulas de medicamentos.

Já a Química Analítica é outra matéria básica da faculdade de Farmácia. O objetivo é compreender a identificação, separação e determinação das quantidades relativas dos componentes de uma amostra.

alunos-quimica
A Química Geral e a Química Analítica são matérias fundamentais no curso de Farmácia, pois fornecem a base para o estudo de outras disciplinas, como a Farmacologia e a Toxicologia. Fonte: Shutterstock.

Logo, os profissionais podem desenvolver os melhores métodos que vão determinar a composição química dos produtos desenvolvidos. Assim, perceba que as duas disciplinas estão muito conectadas.

Agora é com você!

Agora que já conhece as principais matérias do curso de Farmácia, saiba que, para obter o melhor aprendizado, é fundamental estudar em uma faculdade de referência. Na Anhanguera, a grade curricular é atualizada de maneira constante, com o objetivo de oferecer a melhor formação aos alunos.

Além disso, as aulas da graduação em Farmácia são ministradas por professores mestres e doutores experientes, sendo preparados para tirar todas as dúvidas dos alunos. Outras vantagens da Anhanguera são:

  • acesso ao Canal Conecta, portal de empregabilidade;
  • possibilidade de concorrer a bolsas de estudos;
  • diversas modalidades de ensino;
  • infraestrutura de ponta.

Gostou do post e quer fazer o curso de Farmácia em uma ótima faculdade? Então inscreva-se no vestibular online da Anhanguera através do nosso hub de Saúde e Bem-Estar!

Perguntas Frequentes

Tem muita matemática no curso de Farmácia?

De modo geral, podemos afirmar que a Matemática é uma matéria recorrente no curso de Farmácia. Embora não seja uma graduação de Exatas, há disciplinas que envolvem cálculos necessários para o dia a dia de um farmacêutico.

Qual a matéria mais difícil do curso de Farmácia?

O fato é que, a matéria mais difícil do curso de Farmácia depende de você e do seu perfil de estudante. A disciplina de Farmacologia costuma gerar dificuldade nos alunos. Mas saiba que, com uma rotina de estudo e dedicação, é possível tirar de letra.

Qual é o salário de um farmacêutico?

A média salarial de um farmacêutico é de R$ 3.801,31 para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais. Contudo, com experiência, é possível obter ganhos de até 6.540,69.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima