Farmacogenômica: Entenda a ciência que estuda a relação dos remédios com os genes!

remedio dna

Embora o genoma dos humanos se assemelhe em 99% de sua totalidade, cerca de 1% é variável e nos torna seres únicos. Nesse sentido, essa variabilidade pode implicar, por exemplo, em como o metabolismo funciona na presença de determinados medicamentos.

Com o objetivo de entender essa dinâmica, iniciou-se os estudos na área da Farmacogenômica. Portanto, se você deseja fazer uma graduação em Farmácia, saiba que é fundamental ficar por dentro do assunto.

Quer saber o que é Farmacogenômica e qual é a importância desse campo? Então acompanhe a leitura!

O que é Farmacogenômica?

A Farmacogenômica é uma área da ciência que investiga a relação entre a resposta e os medicamentos, conforme a variabilidade genética de cada pessoa. O objetivo principal é desenvolver fármacos e doses cada vez mais eficazes e seguros, a partir da composição genética do indivíduo.

Como funciona a Farmacogenômica?

Como você viu, a Farmacogenômica se concentra em compreender como as variações genéticas afetam a resposta de uma pessoa a medicamentos específicos. Isso permite personalizar o tratamento médico, garantindo que os fármacos sejam escolhidos de maneira mais precisa e eficaz para cada paciente.

Veja, abaixo, como essa área do conhecimento funciona!

Variações genéticas individuais

Cada indivíduo conta com um conjunto único de genes. Esses genes podem conter variações ou mutações que influenciam a maneira como o corpo processa medicamentos.

Essas variações podem afetar enzimas responsáveis pelo metabolismo dos medicamentos, proteínas receptoras alvo e outros componentes do sistema de resposta a medicamentos.

Estudo das variações

Os pesquisadores identificam genes e variantes genéticas específicas que estão associados a respostas variáveis a medicamentos. Isso envolve análises genômicas de populações de pacientes para entender como certas variações genéticas estão relacionadas a diferenças na eficácia e segurança dos medicamentos.

frasco remedio
Cientistas descobrem genes e variações genéticas particulares ligadas a respostas diversas a medicamentos. Fonte: Shutterstock.

Testes genéticos

Os médicos podem realizar testes genéticos nos pacientes para identificar essas variações genéticas relevantes. Isso pode envolver a análise de genes específicos ou até mesmo a análise mais abrangente do genoma de um indivíduo.

Personalização do tratamento

Com base nos resultados dos testes genéticos, os médicos podem adaptar o tratamento, escolhendo medicamentos e doses mais adequados para o paciente com base em sua genética. Isso pode ajudar a evitar reações adversas graves e melhorar a eficácia do tratamento.

Previsão de resposta e efeitos colaterais

A Farmacogenômica também permite prever como um paciente pode responder a um medicamento específico e quais efeitos colaterais ele pode experimentar. Isso ajuda os médicos a evitar medicamentos que podem não ser eficazes ou seguros para determinados indivíduos.

Desenvolvimento de medicamentos

Além de personalizar tratamentos existentes, a Farmacogenômica também influencia o desenvolvimento de novos medicamentos. Os pesquisadores podem projetar medicamentos com base nas informações genéticas para direcionar populações específicas de pacientes com maior precisão.

Qual é a importância da Farmacogenômica?

A Farmacogenômica desempenha um papel fundamental na melhoria da segurança, eficácia e personalização dos tratamentos medicamentosos. Veja a importância dessa área!

Medicina personalizada

A Farmacogenômica permite que os médicos personalizem os tratamentos com base nas características genéticas individuais de cada paciente. Isso ajuda a evitar tentativa e erro na prescrição de medicamentos, tornando o tratamento mais eficaz desde o início.

Prevenção de reações adversas

Muitas vezes, as reações adversas a medicamentos estão ligadas a variações genéticas. Com testes farmacogenômicos, os médicos podem identificar pacientes com maior probabilidade de experimentar efeitos colaterais graves e escolher alternativas mais seguras.

Aumento da eficácia

A resposta a um medicamento pode variar de pessoa para pessoa devido a diferenças genéticas. Com base na genética de um paciente, os médicos podem escolher medicamentos que têm maior probabilidade de funcionar eficazmente para esse indivíduo, evitando tratamentos ineficazes.

Redução de custos de saúde

Ao evitar prescrições ineficazes e minimizar reações adversas, a Farmacogenômica pode contribuir para a redução dos custos de saúde, incluindo hospitalizações e tratamentos adicionais necessários devido a problemas de medicamentos.

Desenvolvimento de novos medicamentos

A Farmacogenômica também é valiosa no desenvolvimento de novos medicamentos. Os pesquisadores podem projetar medicamentos direcionados a grupos específicos de pacientes, maximizando a eficácia e minimizando os riscos.

remedio frasco
A Farmacogenômica também é valiosa no desenvolvimento de novos medicamentos. Fonte: Shutterstock.

Avanços na pesquisa clínica

A Farmacogenômica também influencia os ensaios clínicos, permitindo a seleção de pacientes mais adequados para estudos e aumentando a probabilidade de sucesso em termos de eficácia e segurança dos medicamentos em desenvolvimento.

Acessibilidade e aderência

Ao garantir que os pacientes estejam recebendo tratamentos mais eficazes e com menos efeitos colaterais, a Farmacogenômica pode melhorar a aderência ao tratamento, uma vez que os pacientes são mais propensos a continuar o tratamento quando percebem seus benefícios.

Agora é com você!

Agora que você já sabe o que é Farmacogenômica, saiba que é possível aprofundar os conhecimentos no assunto ao cursar a graduação em Farmácia. Uma das vantagens é que você pode escolher entre as modalidades presencial e semipresencial, optando pela alternativa que melhor se encaixa em sua rotina.

Além disso, temos laboratórios completos e de ponta, com o objetivo de oferecer um ensino de excelência aos alunos.Não perca mais tempo e estude em uma boa faculdade. Inscreva-se no vestibular de Farmácia da Anhanguera e saia na frente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima